Total de visualizações de página

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Via a via expressa com a novidade

Via

Via – láctea
Via-satélite
Via internet
A vida bate via pulso
Do impulso do bit do computador
E trouxe praticidade
E trouxe comodidade
Tudo via “disco voador”
Voando nesse espaço
Desse mundo informatizado e digitalizado
Como mera conseqüência
Do que o homem inventou.
Agora posso, no conforto do meu lar
Conectar um mundo
Que tão perto parece está
E que no real tão longe, que nem se quisesse podia poderia tocar.
Castelos, montanhas, aurora boreal
Que até pode iluminar.
A tela do meu computador que basta um click e é só acessar
Vem, via sonhos, sonhar!
Via amor, amar!
Via internet está onde eu quero está.
Nesse mundo que é só meu e, seu também se quiser,
Quem sabe!
Se quiser saber é só meu Orkut acessar.

2 comentários:

Dodô disse...

Conceição, não sabi desse seu lado poético. Parabéns. Esse poema foi o que eu mais gostei. Visito seu blog pela primeira vez, após ver um pedido seu no Orkut. Parabéns!!! Continue assim. Beijo.

Ass.: Anderson Toscano (Dodô)

maria disse...

muito obrigado esse é blog é novo no ar, mais valeu mesmo.